Espaço Maker: saiba o que é e como inovar criando esse espaço

espaço maker o que e

Desenvolver o espírito colaborativo, incentivar a criatividade, estimular o raciocínio crítico e aprimorar habilidades são aspectos que norteiam os trabalhos de uma instituição de ensino. Para atingir esses objetivos, é interessante que haja um conhecimento para responder a uma pergunta: espaço maker o que é?

É possível defini-lo como um local em que um grupo de pessoas tem liberdade para fazer experiências, compartilhar ideias e desenvolver soluções. Hoje, diversas empresas, startups e escolas estão investindo nesse espaço para atingir um desempenho acima da média.

Neste post, destacaremos como essa ação pode ser efetivada em um colégio e os benefícios que ela proporciona aos estudantes. Confira!

Entenda como criar o espaço maker

Um bom exemplo da cultura maker no Brasil é a Campus Party, considerada o principal evento de inovação tecnológica no mundo. A iniciativa reúne jovens que buscam obter mais conhecimento e experiência sobre inovação, empreendedorismo e o mundo digital.

Se um colégio quer explicar para os alunos sobre espaço maker o que é, pode abordar a organização da Campus Party. Também é necessário ter uma preocupação com o espaço, onde professores e estudantes irão trocar informações e desenvolver projetos.

A recomendação é que o lugar tenha mesas grandes no meio da sala, criando um ambiente mais instigante para os trabalhos em grupo. Mais próximo das paredes devem ficar os recursos (papéis, canetas, réguas etc.) que serão utilizados para a elaboração dos projetos e a exposição dos conteúdos.

Planejamento

Transformar a sala de aula em um espaço maker requer planejamento e principalmente uma mudança de cultura por parte dos professores. Os docentes precisam estar mais abertos ao diálogo e a valorizar a capacidade criativa dos estudantes. Do contrário, o esforço para estimular a criatividade e o senso crítico não obterá êxito.

Antes de reforçar a definição de espaço maker o que é, a escola deve fazer com que os professores e os alunos vejam o local como uma oportunidade de aprendizado na prática, com base na experiência e no respeito. Ou seja, a hierarquia se baseia no reconhecimento do domínio do que está sendo feito em vez da autoridade.

Assim, é criada uma relação horizontal entre todos os envolvidos. Esse fator faz com que a escola se torne um lugar mais interessante para os alunos, porque eles passam a ter uma participação mais ativa nos projetos realizados.

Para isso, é válido priorizar também a empatia, ou seja, a capacidade de uma pessoa compreender como as outras se comportam, o que minimiza os conflitos nocivos e a queda de produtividade.

Veja os benefícios proporcionados

Espaço maker o que é? Além de ser um local aberto para novas ideias, é uma ferramenta que proporciona uma série de vantagens para os estudantes. Com a intenção de ajudá-lo a assimilar os benefícios com facilidade, apresentaremos alguns dos mais importantes para os alunos. Acompanhe!

Desenvolver a criatividade e o pensamento crítico

Não basta apenas ter força de vontade para resolver um determinado problema. É crucial que haja uma visão crítica da situação enfrentada e uma análise profunda do que pode ser feito para reverter um quadro negativo.

Por exemplo, os usuários do transporte coletivo reclamam que ficam muito tempo esperando o ônibus chegar ao ponto. Uma forma de minimizar esse problema seria por meio da criação de um aplicativo que informasse aos cidadãos o horário que os veículos estivessem no ponto.

A criação desse app envolveria conhecimentos em linguagem de programação e recursos de geolocalização. Também seria necessário contar com um layout que facilitasse o uso da ferramenta pelos usuários. Para o aplicativo ser desenvolvido corretamente, é necessário conhecimento e criatividade, pois são elementos que influenciam na eliminação de eventuais erros na criação do software.

Aplicar conhecimento teórico na prática

A preocupação com o meio ambiente é algo cada vez mais presente na rotina das pessoas. É comum os colégios abordarem as consequências de práticas nocivas à natureza e ações com foco na preservação ambiental.

Para o cuidado com a natureza ser devidamente assimilado, vale a pena estimular os estudantes a formar grupos para ir a locais, onde podem ser feitas iniciativas voltadas para a preservação do meio ambiente, como o reflorestamento. Dessa forma, eles verão como o conhecimento teórico pode ser aplicado na prática, o que fortalece o aprendizado.

Promover um maior engajamento

O professor deixa de ser a única fonte de conhecimento quando se adota o espaço maker. Há uma distribuição do saber por meio de um diálogo entre os estudantes reunidos para o desenvolvimento de uma nova ideia.

Essa nova maneira de se relacionar com a escola proporciona um maior engajamento, porque os alunos sentem que têm uma participação mais ativa na construção de projetos e na formulação de respostas aos problemas. Não há mais aquela submissão à autoridade do docente, que passa a ter um papel de auxiliar no aprendizado em vez de impor o conhecimento de forma unilateral.

Melhorar a relação entre professores e alunos

Espaço maker o que é? Uma resposta viável engloba a construção de um espaço para os professores e os alunos estarem mais próximos e mais dispostos a debater ideias. Se essa iniciativa for realizada de forma transparente e com bom senso, um resultado positivo será a melhoria no relacionamento entre os docentes e os estudantes.

À medida que uma instituição de ensino adota um método de trabalho voltado para o aprendizado na prática, faz com que os alunos se sintam mais à vontade para expor as ideias sobre o que pode ser realizado para a finalização de um projeto.

Caso o professor tenha uma postura ética e respeite os alunos, o relacionamento será melhor por causa do bom diálogo entre as partes. Os estudantes se sentirão mais à vontade para participar das ações e indicar caminhos para resolver das demandas.

Fomentar o empreendedorismo

O desenvolvimento do raciocínio lógico e da capacidade de articular ideias é uma maneira de a escola incentivar o empreendedorismo, porque proporciona aos alunos o hábito de enfrentar desafios e de pensar em soluções para superá-los.

Essa postura é fundamental para qualquer empresário vencer eventuais gargalos que apareçam durante a montagem do próprio negócio. Planejamento e criatividade são elementos indispensáveis para conquistar o público e uma posição de destaque no mundo corporativo.

Ao definir espaço maker o que é de forma consistente, uma instituição de ensino cria um ambiente favorável para se aproximar dos alunos e torná-los parte ativa não apenas do aprendizado, mas também da construção de novos conhecimentos.

Se você ficou interessado sobre esse modelo de gestão do saber, deixe o seu comentário. A sua contribuição pode ser útil para muitas pessoas!

Movimento Maker: Guia completo para implantarPowered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Post anterior Descubra os critérios de tecnologia da BNCC para sua escola
7 dicas para um planejamento escolar eficiente
Próximo post 7 dicas para um planejamento escolar eficiente
Close