5 benefícios de introduzir a gamificação na aprendizagem

gamificação na aprendizagem

A sua captação de alunos não tem sido mais a mesma do que em outras épocas? Talvez esteja na hora de considerar a gamificação na aprendizagem como um recurso a ser implantado na escola, sabia?

Basicamente, a gamificação consiste em uma metodologia que aplica os mecanismos dos jogos em áreas diversas como negócios, vida pessoal e a educação. Esse método tem o objetivo de tornar o aprendizado mais dinâmico, interativo, construtivo e de fácil assimilação para os alunos.

Neste post, você acompanhará 5 grandes benefícios acerca da gamificação e como eles realmente fazem a diferença no ambiente escolar. Acompanhe a leitura e confira!

1. Estimula o trabalho em equipe

Ao pensar no ensino para nova geração, uma das grandes dificuldades dos professores é propor atividades em grupo, pois, muitas vezes, nem todos se interessam de fato e o fardo de resolver as questões ficam nas costas de alguns alunos. No entanto, quando se aplica a gamificação na aprendizagem, a tendência é que esse quadro mude. Afinal, o gatilho mental da competitividade faz com que todos queiram participar.

Trabalhar com jogos em sala de aula permite que o trabalho em equipe prevaleça, a fim de encontrar a solução de forma mais ágil do que os concorrentes e, assim, vencer a competição. O entendimento de que todos são parte do mesmo time e que a habilidade de cada um é de suma importância para a compreensão do exercício, torna o uso de jogos ainda mais rico nas instituições de ensino.

Quando um procura auxiliar o outro para chegar a um denominador comum, inúmeras lições são aprendidas, tais como o autocontrole, o respeito, a empatia, o espírito de companheirismo, entre outros aspectos relevantes no dia a dia escolar. Além do mais, a sala de aula não precisa ser uma batalha de egos, mas sim a construção de um pensamento singular em torno de um aprendizado de qualidade.

2. Torna o ensino mais atrativo

Você já deve ter reparado que tem muitos educadores que enfrentam sérias dificuldades em manter a atenção dos alunos na maior parte do tempo, não é mesmo? O uso desenfreado de smartphones e outros dispositivos móveis fazem com que os alunos fiquem dispersos na sala, deixando de aprender valiosas lições.

Porém, o advento dos jogos nas escolas faz com que o ensino seja mais democrático e se torne algo chamativo para trazer cada vez mais alunos. Para lidar com as características do atual público infanto juvenil, os gestores devem investir em algo que mude as perspectivas de ensino e faça com que a metodologia aplicada em sala tenha efeitos positivos, até mesmo visando a acessibilidade na escola.

Da programação simples até a construção de jogos mais complexos, o estudante terá a oportunidade de conhecer um mundo ao qual nem fazia ideia que existia. Isso gera um envolvimento com a disciplina importante e faz com que a relação professor-aluno seja algo muito mais contundente do que seria sem essa metodologia.

3. Gera maior aproveitamento do conteúdo

Na metodologia tradicional de ensino, acontece com frequência a manifestação de muitos alunos com dificuldades para aprender e, por consequência, perde-se uma boa época da vida vendo o mesmo conteúdo por conta de reprovações. Os jogos vão na contramão desse conceito, pois, para avançar as fases e vencer os desafios, o conteúdo precisa estar na ponta da língua.

A interatividade e a multidisciplinaridade que o jogo proporciona faz com que os temas sejam mais bem resolvidos e as chances de aprovação cresçam gradativamente, visando deixar os alunos engajados com o que é ensinado. A gamificação permite que disciplinas densas como física, química e biologia, por exemplo, possam ser de fácil entendimento por parte dos estudantes e, com isso, tenham boas notas.

O ato de jogar liberta os alunos de terem que acompanhar aulas expositivas maçantes para compreenderem algo, pois, ao serem confrontados com situações-problema que exigem uma tomada de decisão ágil, isso faz com que eles usem a criatividade e assimilem melhor a atividade proposta. Via de regra, o método de ensino por meio de jogos se torna moldável aos interesses de cada criança e adolescente.

4. Desenvolve novas habilidades

Da educação básica até o ensino médio, existem diversas situações em que é preciso uma resposta cognitiva rápida para resolver alguma atividade simples ou uma prova. No entanto, por conta de o método tradicional ter a mesma característica há séculos, isso acaba não despertando mudanças no comportamento dos estudantes.

Já com a aplicação de jogos no cotidiano estudantil, o desenvolvimento de novas habilidades se torna algo latente, sendo que os alunos começam a identificar sentido no aprendizado das matérias. A evolução interpessoal se torna notória com o passar dos meses, o que pode impactar no aumento de matrículas na escola.

Perceba que para resolver os desafios propostos, os alunos criam uma esfera de concentração maior, melhoram sua capacidade de memorizar eventos, criam o senso de responsabilidade e adquirem autonomia para tomar decisões. Tudo isso permite que a relação professor-aluno fique mais fluída e o ambiente escolar tenha características mais leves do que em tempos atrás.

5. Prepara os alunos para a vida

Mais do que focar apenas em fazer a curadoria dos conteúdos, os professores exercem um papel fundamental na condução da carreira de cada aluno. Porém, para que isso ocorra, as disciplinas precisam fazer sentido na mente dos alunos, algo que não costuma acontecer com frequência em muitas instituições de ensino.

Visando uma educação empreendedora, a gamificação vem com uma proposta de dar autonomia para os alunos também exercerem o seu momento de protagonismo, o que permite uma visão sistêmica das melhores opções para solucionar cada caso. Em linhas gerais, os jogos preparam as crianças e os adolescentes para ocorrências normais do dia a dia, tal como lidar com a competitividade do mercado de trabalho.

Por meio do uso de jogos, os estudantes são induzidos a terem organização, senso crítico e desenvolverem um planejamento estratégico, características muito requisitadas em grandes empresas pelo mundo. É importante reconhecer que a tecnologia vem para auxiliar nos deveres escolares e torna o ensinamento algo mais fácil e lúdico.

Por fim, analise as melhores maneiras de implantar a metodologia de gamificação na aprendizagem, sendo que os professores precisam estar treinados e a equipe escolar consciente de que a forma de lidar com a educação será totalmente diferente.

Se você curtiu este texto e acha que seus amigos merecem ver isso também, então compartilhe o post em suas redes sociais para que eles fiquem por dentro do assunto!

Powered by Rock Convert
robotica
Post anterior A importância da robótica na rotina de aprendizagem
Veja como usar a tecnologia para incentivar a leitura na escola!
Próximo post Veja como usar a tecnologia para incentivar a leitura na escola!
Close